Greve contra Maduro acaba em violência | América Latina


A oposição venezuelana elevou nesta quinta-feira (21/07) a pressão contra o presidente Nicolás Maduro com uma greve geral que paralisou áreas inteiras em várias cidades e terminou com três mortos e inúmeros feridos. Segundo a organização de direitos humanos Fórum Penal, ao menos 367 pessoas foram detidas.

Fonte: Greve contra Maduro acaba em violência | América Latina | DW | 21.07.2017

Anúncios

Obrigado por seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s