‘O discurso não era de que o sistema de urnas eletrônicas era à prova de fraude? Em uma teclada, adicionaram 1 milhão de votos para Maduro!’, denuncia delegado


O delegado da Polícia Federal e deputado Fernando Francischini atacou a empresa Smartmatic, responsável por urnas eletrônicas no Brasil e na Venezuela. A própria empresa denunciou fraudes na eleição da Assembleia Constitucional da Venezuela. Francischini lembrou, entretanto, que a empresa, aqui no Brasil, garantiu que as urnas não eram fraudáveis. O deputado exigiu que a lei seja cumprida e que as próximas eleições brasileiras utilizem o voto impresso, de forma a tornar o processo auditável.

Fonte: Folha Política: ‘O discurso não era de que o sistema de urnas eletrônicas era à prova de fraude? Em uma teclada, adicionaram 1 milhão de votos para Maduro!’, denuncia delegado

Anúncios

Obrigado por seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s