Governador do Rio Grande do Sul nega pedido de audiência de PT, PSOL e PCdoB


O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, negou um pedido de audiência de liderança dos partidos PT, PSOL e PCdoB. O pedido de audiência foi encaminhado na quarta-feira (10) e alegava preocupação com uma segurança dos atos que vêm sendo organizados pelos partidos  para o dia do julgamento de Lula no TRF-4, em Porto Alegre. Nos preparativos, os partidos atacam o Judiciário e afirmam que não pretendem reconhecer a decisão não está de acordo com seus desejos. O governador negue o pedido de audiência e sugeriu que são procuradores do secretário de Segurança Pública do Estado, Cezar Schirmer, responsável por monitorar como ameaças que vêm sendo feitas por militantes e “movimentos sociais”. O governador sugeriu ainda que eles colaborassem para “a redução do radicalismo político” e para “a construção da paz social”.
Anúncios

Obrigado por seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s